Programa Estadual de Atenção ao Migrante, Refugiado e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas

 

O Programa Estadual de Atenção ao Migrante, Refugiado e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas atua através do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas (NETP) e do Posto Avançado de Atendimento Humanizado ao Migrante (PAAHM).

 

O NETP promove políticas de articulação com órgãos e entidades, públicos e privados, para a prevenção e repressão do tráfico de pessoas, além de promover atendimento e acolhimento às vítimas e possíveis vítimas do tráfico de pessoas com uma equipe multidisciplinar composta por advogadas(os), psicólogas(os), assistentes sociais e sociólogas(os). O setor oferta capacitações, cursos e campanhas sensíveis à temática, auxiliando na identificação de casos e estimulando a denúncia.

 

O Posto Avançado de Atendimento Humanizado ao Migrante (PAAHM) dispõe de uma equipe multidisciplinar para acolher as demandas deste público e promover articulação com as áreas de saúde, educação, trabalho, assistência social, habitação, segurança, regularização documental, dentre outras relacionadas à proteção dos direitos humanos. O PAAHM oferta  plantão psicológico e, através da parceria com a Pastoral do Migrante, contribui para a regularização documental deste público.

 

Voltar para

CIDADANIA