Creas Regional

 
A Proteção Social de Média Complexidade tem como unidade de referência, para oferta de seus serviços, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). O Creas presta serviço especializado a indivíduos com direitos violados, cujos vínculos familiares não foram rompidos, através da intersetorialidade de políticas públicas e de ações integradas da rede socioassistencial, estimulando parcerias, o protagonismo e inserção social.
 

Creas Regional Fortaleza

Referenciando os municípios de Acarape, Barreira, Pindoretama, Chorozinho e Guaramiranga.
 

Creas Regional Cariri

Referenciando os municípios Jati, Porteira, Nova Olinda, Potengi, Santana do Cariri e Granjeiro.
 

É também na Coordenadoria de Proteção Social Especial que está inserida a gestão estadual das Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Aepeti). O programa trabalha pela erradicação do trabalho infantil nas zonas rurais e urbanas. Para isso, realiza ações de vigilância socioassistencial, sensibiliza, capacita e orienta aos municípios apoio técnico e monitoramento das Aepetis.
 

Proteção Social de Alta Complexidade destina-se às famílias e indivíduos, cujos vínculos familiares e/ou comunitários já foram rompidos, ou que se encontram em situação de ameaça, necessitando ser retirados de seu núcleo familiar e/ou comunitário. Essa proteção integral é feita pelo Serviço de Acolhimento Institucional, que pode ser ofertado diretamente pelo Estado ou por meio de subsídios/colaboração com entidades da rede socioassistencial.

Voltar para

Proteção Social Especial