INCLUSÃO SOCIAL (Proteção Social)

 

A Coordenadoria de Inclusão Social formula, coordena e implementa a política pública de inclusão social e produtiva no Estado. O trabalho é feito direcionando os programas e projetos para o atendimento às demandas específicas das diferentes regiões do Estado e suas atividades econômicas, mantendo alinhamento das oportunidades e potencialidades do mundo do trabalho, na perspectiva da sustentabilidade social e ambiental.

O trabalho de inserção social e produtiva tem como foco aqueles segmentos da população com maior dificuldade de acesso ao mundo de trabalho, principalmente para atender a juventude e as dimensões de gênero, raça, etnia, deficiência e orientação sexual. O objetivo é ainda descentralizar e interiorizar as ações, garantindo oportunidade de acesso à população em situação de vulnerabilidade em todas as regiões do Estado.

Nesse sentido, a Coordenadoria de Inclusão Social coordena as ações desenvolvidas em algumas unidades de capacitação da SPS: Centros de Inclusão Tecnológica e Social (CITS), a Escola Vida, Sabor e Arte (EVISA) e o Centro de Profissionalização Inclusiva para a Pessoa com Deficiência (CEPID).

O trabalho da Coordenadoria se apoia, prioritariamente, em três células: Inclusão Social (CIS), Inclusão Produtiva (CIP); e de Integração dos Programas Sociais (CIPS).