Unidades de Atendimento (Inclusão Social)

 

Centro de Profissionalização Inclusiva para a Pessoa com Deficiência (CEPID): Equipamento social com atividades paradesportivas e ações voltadas à capacitação e profissionalização da pessoa com deficiência. O Centro possibilita a integração das diferenças e busca potencializar a capacidade individual e de trabalho em equipe, além de viabilizar oportunidades de inserção no mercado de trabalho a partir da qualificação profissional. As turmas são formadas com público misto, priorizando a pessoa com deficiência e seus familiares.

R. Sen. Robert Kennedy, 128 – Planalto Goiabeiras – Barra do Ceará. Telefone: (85) 3101-265

 

Escola de Vida, Sabor e Arte (EVISA): Unidade voltada à realização de atividades na área de gastronomia, com atuação direcionada à inclusão produtiva da população. Atende a jovens e adultos, a partir de 16 anos, com interesse em se qualificar na área da gastronomia.

R. Valdetário Mota, 970, Papicu (CEFIT). Telefone:

 

Projeto Criando Oportunidades: Oferta de cursos de qualificação social e profissional para mulheres chefes de família, cadastradas no CADÚNICO, trabalhadores sem ocupação e desempregados e grupos socialmente vulneráveis. Os cursos possuem carga horária de 100 h/a, disponibilizando fardamento, material didático e certificação. Atendendo prioritariamente

Av. Imperador, 1367 – Benfica. Telefone:

 

Transformando Vidas: Atende jovens internos e egressos do sistema socioeducativo e prisional e jovens em territórios de vulnerabilidade social. O programa trabalha com cursos de qualificação, carga horária de 160h/aula e 80h/aula. Os alunos são acompanhados(as) por uma equipe multiprofissional para a reversão da situação de vulnerabilidade e exclusão social.

Av. Imperador, 1367 – Benfica

 

Centro de Inclusão Tecnológica e Social (CITS): Oferta de cursos de qualificação profissional que buscam viabilizar o serviço autônomo, em iniciativas empreendedoras ou tornando possível a contratação no mercado formal do cidadão a partir da qualificação. Os CITS estão distribuídos estrategicamente em sete bairros de Fortaleza com altos índices de vulnerabilidade social. Também são realizadas atividades socioesportivas, possibilitando a comunidade o acesso à cultura e a imersão no mundo do esporte.

Endereço da Coordenação do CITS: Rua Valdetário Mota, 970, Papicu (CEFIT).

 

Endereço das unidades:

CITS Mucuripe: R. do Entardecer, 160, Vicente Pinzón.

CITS São Bernardo: R. 24 de novembro, n° 555, Conj. São Bernardo.

CITS Conj. Ceará: R. 1.111, n°10, 4º Etapa, Conj. Ceará.

CITS José Walter: Av. K, 330, 1° etapa, Conj. José Walter.

CITS Parque São José: Av. Cônego de Castro, n° 3955, Parque São José.

CITS Aerolândia: Rua dos Antares s/n, com Monte Cristo, n° 191, Aerolândia.

CITS Jangurussu: Rua L, n° 20, Conj. João Paulo II – Jangurussu.

 

Primeiro Passo: Ações de aprendizagem, estágio e qualificação social e profissional, a partir de três linhas de ação: Jovem Aprendiz; Jovem Estagiário e Jovem Bolsista. O projeto realiza qualificação profissional através dos cursos ofertados pela linha de ação jovem bolsista e nos casos das linhas de estágio/aprendizagem o jovem é encaminhado para uma instituição pública ou privada para realização do estágio e/ou aprendizagem remunerada. Desse modo, o Projeto Primeiro Passo contribui para a promoção do protagonismo juvenil, ampliando o currículo dos jovens para o mundo do trabalho e proporcionando um complemento na renda familiar. Atende jovens entre 15 e 29 anos de idade, matriculados em escola pública a partir do 8° ano do ensino fundamental, ou que tenham concluído o ensino médio na rede pública de ensino.

Av. Imperador, 1367 – Benfica.

 

Empreendedor Criativo: O projeto proporciona uma formação, com carga horária de 100h, na área de empreendedorismo, preparação para o mercado de trabalho, e sustentabilidade. É disponibilizado fardamento, material didático e certificação. Possibilita aos alunos perspectivas de carreira, focando nas competências e potencialidades para o mercado formal e fomento ao empreendedorismo. Atende jovens entre 15 e 29 anos de idade, matriculados em escola pública a partir do 1° ano do ensino médio, ou que tenham concluído o ensino médio na rede pública de ensino.

R. Soriano Albuquerque, n°230.